sexta-feira, 4 de março de 2011

Mãe.

Aprecio muito o trabalho da minha Mãe. Aliás, não é bem o trabalho dela, é a forma como ela o pratica. Eu sei que não é toda a gente que trabalha como Ela.
Bem, para quem não sabe, a minha Mãe é professora do Ensino Especial. Podia dizer muito mais que professora. A minha mãe é uma verdadeira heroína para mim, e para aqueles meninos tão especiais, de certeza. Dá-lhes afecto, carinho e amor. E isso é o mais bonito que há. Acreditem em mim, são raras as pessoas que conseguem estar sozinhas numa sala pequeníssima (mas muito acolhedora) com 5 ou 6 meninos especiais (acreditem, são mesmo especiais); beber da mesma garrafa de água que Eles, comer dos mesmos talheres que Eles comem, abraçá-los e beijá-los sem nenhum preconceito ou, desculpem o termo, "nojo". A verdade é que todos nós temos preconceito, de uma forma ou de outra.
Uma vez eu e as minhas irmãs fomos com a Mãe à escola dela, porque a minha mãe queria que nós vissemos como era lidar com estes meninos todos os dias. Não passou nem uma hora, desfiz-me em lágrimas. Não por estar assustada por estar lá. Mas porque estava com um sentimento que odeio: pena. Odeio ter pena de alguém. É horrível e muito triste.
Mas uma senhora disse-me: "Não chores, não é preciso. Eles são muito felizes, acredita. Mais do que tu, secalhar. Sabes porquê? Porque vivem no Mundo deles e não se apercebem da maldade que há na vida."
E nunca me vou esquecer destas palavras que me marcaram para sempre. Ajudaram-me muito a compreender, e no fundo a aceitar esta situação, porque os meninos não escolheram ser assim.
Aprecio muito o trabalho da minha Mãe, da Natália e das pessoas que dedicam parte do seu tempo a ajudar e a amar os "seus meninos" tão especiais.
 Na verdade, cheguei à conclusão que aprecio tudo na minha mamã.

Ás vezes, sinto-me mesmo pequenina.

                               

11 comentários:

  1. Que lindo *-*
    Esses meninos especiais são aqueles que mais carinho nos dão *-*

    ResponderEliminar
  2. é verdade, a nossa mamã é a melhor!

    Amo-te*

    ResponderEliminar
  3. Oh*,.* A tua mãe é mesmo uma superwoman!
    Beijinhos grandes!

    ResponderEliminar
  4. Selo no meu blog para ti princesinha (:

    ResponderEliminar
  5. Adorei, completamente e sim, de facto não é qualquer pessoa que entrega a sua vida, o seu tempo, a pessoas especiais, mas elas precisam muito de nós, precisam muito de pessoas bondosas e sem maldade, que estejam sempre lá para lhes dar a mão ou um simples sorriso e fazer desaparecer tudo o que os possa fazer sentir medo ou tristeza.
    Às vezes é bom não ver o mundo tal como ele é, porque quando se vê os monstros que andam por aí à solta, há sempre um certo receio de sair à rua e embarrar com eles.

    curiosidade: irónicamente ou não, o código para publicar o meu comentário era "brave".

    ResponderEliminar
  6. As mães são realmente o melhor, ainda bem que sentes que a tua é uma heroina. Porque o é mesmo.
    E esses meninos certamente sentem o mesmo, e por isso lhe dão tanto carinho.
    Beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Quando souberes podes ir lá buscar :D

    ResponderEliminar
  8. Tens uma mãe de ouro :) acho que me sentiria tal como tu nessa situação.
    beijinhos princesa

    ResponderEliminar
  9. Tenho um selo no meu blog para ti princesa :)
    Beijinho*
    p.s.: texto lindissímo, a tua mãe deve ser uma pesssoa linda por fora e por dentro! :')

    ResponderEliminar