quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Nem com ele, nem sem ele.


Eu sei que fui eu que escolhi assim. E não estou minimamente arrependida da minha decisão. Aliás, acho que não estou.
Oh, é difícil.
Sinceramente não sei mesmo.
Quando a cabeça, ou o racionalismo, ou a lógica, ou o que for, ficam à frente do coração e dos sentimentos é uma autêntica chatice!
Não acham que o mais importante é lutarmos pela nossa felicidade? Por favor digam-se se estiver errada. É que eu acho que mesmo que se goste (por mais que seja muito), se não se estiver feliz, não vale a pena. A felicidade está sempre em primeiro lugar, e eu acho que devemos lutar por ela.
Mas depois, também me custa muito.
Se o objectivo era estar mais feliz...pois. Não estou. Mas antes também não estava.
Nestes dias tenho visto coisas que não quero, mas de facto não tenho nada que me queixar, fui eu que escolhi assim.
E se escolhi mal?
E se, afinal de contas, o que importa é gostar e a felicidade vem depois?
E se estiver a fazer a maior estupidez de sempre?

Não sei.


18 comentários:

  1. Lindo, este post! Fantástico, com uma dor incrivel...

    ResponderEliminar
  2. Se fizeste a escolha errada só o tempo te dirá amor. LOVE-TE (como essa aí de cima diz).

    ResponderEliminar
  3. P.s. Enquanto eu estava a postar o comentário, o Bruno Alves também postou o dele. O que quer dizer que o "essa aí de cima" é para a mulherzinha que comentou em penultimo lugar.
    Mas para além disso, ha tudo o resto.

    ResponderEliminar
  4. Mais vale te arrependeres daquilo que fizeste do que te arrependeres daquilo que não fizeste.
    Segue o teu coração :)
    A felicidade constrói-se .

    Infelizmente já estive no mesmo caso que tu, ou melhor, ainda me pergunto a mim própria se ainda continuo a estar. Mas a vida é assim mesmo, é feita de arrependimentos e medos, de indecisões, resta-nos a nós seguir em frente e ser feliz da melhor maneira possível.
    Escreves muito bem . Um beijinho

    ResponderEliminar
  5. igualmente, nós somos fortes só temos que acreditar em nós :)

    ResponderEliminar
  6. A felicidade está sempre em primeiro lugar, mas é preciso saber alcança-la e confesso que ás vezes é demasiado complicado, mas o tempo faz-nos pensar se as nossas decisões valeram ou não a pena. Nunca é tarde para arrependimentos, mas por vezes é melhor sofrer com as decisões que tomamos, do que sofrer com uma desilusão!
    Parabéns pelo textinho! :)
    beijinho:
    Claudia Almeida*

    ResponderEliminar
  7. o que querida (:
    acredita que não sou :/

    ResponderEliminar
  8. De nada, é sempre bom ouvir opiniões de outras pessoas de vez em quando, geralmente essas opiniões costumam ser mais sinceras do que algumas que nós recebemos dos nossos amigos.
    Nestes últimos tempos, tenho me sentido melhor a desabafar através da escrita e receber comentários de pessoas que nunca falei na vida, do que simplesmente falar com um amigo que conhecemos.
    Beijinho e obrigada *

    ResponderEliminar
  9. Concordo com tudo o que escreveste!
    Realmente somos felizes, mas queremos sempre mais!
    Acho que simplesmente temos que aprender a ser felizes com o que temos e a não pensarmos no que não temos. Pode ser que um dia, o que não temos, seja nosso! :')

    ResponderEliminar